Centro Universitário Cesmac - Cesmac participa de evento em comemoração a Semana Nacional do Meio Ambiente
Aguarde. Carregando informações.
CESMAC ONLINE

Para acessar a área do aluno, utilize sua matrícula e senha nos campos abaixo e clique em acessar.

Esqueceu a senha? Clique aqui.

Cesmac participa de evento em comemoração a Semana Nacional do Meio Ambiente

Presentes, professores e alunos dos cursos de Ciências Biológicas e Engenharia Civil

A bela orla da Ponta Verde recebeu neste domingo, 10/06, a presença de várias pessoas para comemorar a data, que foi criada pela Organização das Nações Unidas – ONU, em 15 de dezembro de 1972, durante a Conferência de Estocolmo, na Suécia e tem como proposta chamar a atenção de todos os governos mundiais e da população sobre a necessidade de implantar medidas emergenciais para prevenir a degradação do meio ambiente.
O principal objetivo foi conscientizar a comunidade, transeuntes, turistas e a população que ali estava, sobre a importância de preservar os diferentes tipos de ecossistemas. Entre os meios mais utilizados para isso, destaca-se: a coleta de lixo nas praias, a conscientização da população para o consumo sustentável, coleta de lixo nas praias, reciclagem doméstica e o plantio de mudas de árvores.
A coordenadora do curso de Ciências Biológicas, professora Delma Holanda disse que a intenção foi conscientizar os banhistas e os comerciantes da importância de não se contaminar a praia. ”Como o tema desse ano da Campanha Mundial é: Oceano é vida, acabe com a poluição plástica, nosso intuito é de sair conscientizando a população para não jogar plástico no mar. Essa função ficou também com os alunos, que andaram pela praia orientando para a preservação e recolhendo lixo”.
A professora do curso de Engenharia Civil Daysy  Lira Cavalcanti, junto com os alunos, levou o projeto do Jardim Filtrante. “É um projeto de extensão e pesquisa que já tem um ano sendo desenvolvido. Essa estrutura é utilizada no tratamento de esgoto doméstico. O esgoto que sai de pias, cozinhas, máquinas de levar, pode ser tratado de forma fácil, dentro das próprias residências e utilizado para uso não potável. A água é tratada a partir da passagem por esse jardim que constitui-se de várias camadas de granulometrias diferentes. Tanto as camadas de areia e brita, como as plantas, servem para tirar os elementos que baixam a qualidade da água, como micro organismos, coliformes e as cargas orgânicas. A partir desse tratamento, essa água fica pronta para uso não potável, como por exemplo: lavagem de calçadas, de carros, para irrigação de outros jardins. O projeto é de baixo custo, ocupa uma área pequena e ainda agrega a questão da ornamentação do local”, concluiu.
Já a professora Thássia Nascimento que leciona a disciplina de Gestão Ambiental, falou sobre sustentabilidade e que os alunos tem que pegar resíduos que seriam jogados no lixo e transformar em coisas novas. Cada equipe fica com um material, pneu vira lixeira, lata de tinta usada vira luminária, caixa de sapato vira brinquedo e reciclados de plástico se transformam em objetos de decoração.
Ponto alto do evento foi um grande abraço coletivo em frente  ao mar, simbolizando o comprometimento  das instituições e pessoas que estiveram presentes.