Aguarde. Carregando informações.
CESMAC ONLINE

Para acessar a área do aluno, utilize sua matrícula e senha nos campos abaixo e clique em acessar.

Esqueceu a senha? Clique aqui.

Mais de 350 pessoas assistiram a palestra de Gustavo Penna

Arquiteto ficou impressionado com a tecnologia da sala e a presença de tantos estudantes

A maior e mais moderna sala de cinema de Maceió realizou uma sessão diferente na noite da quarta-feira, 09. A gigante tela de 180 m² e som Dolby-Atmos (31 mil watts) do Cinesytem exibiu impressionantes imagens dos projetos do arquiteto Gustavo Penna. E o melhor: a narração da história por trás de cada obra foi contada, ao vivo, pelo próprio arquiteto mineiro.
Bem-humorado, ele interagiu com os mais de 350 espectadores durante toda a palestra “40 anos de poesia transformada em arquitetura”. A vinda dele a Maceió marca a primeira edição do projeto Arquitetura em Cena, que nasceu com o propósito de aproximar os estudantes de Arquitetura e Urbanismo do Centro Universitário Cesmac de grandes arquitetos nacionais e internacionais.
Impressionado com a tecnologia da sala e a quantidade de gente na plateia, Penna destacou a importante iniciativa do Cesmac. “Fiquei muito honrado com o convite e acredito que esses encontros com os estudantes são excelentes momentos de aprendizado para eles e, principalmente, para mim. A inquietação, as dúvidas movem o conhecimento”.
De maneira didática e divertida, ele contou detalhes do nascimento e desenvolvimento de projetos como a Escola de Arte Guignard, o prédio da emissora de televisão Bandeirantes em Minas Gerais, o moderno anexo da Academia Mineira de Letras, o Museu de Congonhas e o Expominas.
“Para mim, é essencial que a arquitetura seja integrada a paisagem, a topografia, a circulação das pessoas”, afirmou Penna, sempre citando o escultor Amilcar de Castro como mestre inspirador. “Ele ensinou que toda a inspiração e possibilidades vêm da natureza”.
Aprendizado diferenciado
As estudantes de Arquitetura do Cesmac, Amanda Lins e Eunice Augusta, estavam fascinadas com as imagens exibidas e o tom simples e brincalhão do arquiteto. Não conseguiam tirar os olhos do telão. “Jamais iremos esquecer esse momento. É inspirador, é uma excelente aula”, disse Eunice, enquanto dividia o enorme saco de pipoca com a amiga de curso. “A escolha do local foi perfeita para esse encontro. A coordenação do curso está de parabéns”.
O estudante Daniel Monteiro já tinha conhecido o arquiteto durante o projeto Estudos de Viagem, que esse ano aconteceu em Belo Horizonte (MG), onde Penna tem seu escritório, mas não imaginava que ele viria a Maceió e teria um “momento tão mágico para a sua formação”.
O projeto atraiu estudantes de outras instituições de ensino, como Alex Blínio, que estuda design em outra IES. Segundo ele, foi uma oportunidade única para quem quer uma formação sólida na área, pois permite a troca de experiência com um dos mais renomados arquitetos do Brasil.
“Trabalhamos com a metodologia que leva o estudante a construção do conhecimento crítico através do contato com os grandes mestres da arquitetura e suas criações”, explica Adriana Guimarães, coordenadora do curso. “Nossa intenção é continuar com o projeto e trazer outros arquitetos de expressão nacional e internacional para Maceió”.