TEXTO
TEXTO
+ -

Olá, seja bem vindo!

Esqueceu a senha? Clique aqui.

Baixe o nosso app:

Medicina Veterinária do CESMAC promove I Ciclo de Palestras: Dengue em Foco

Iniciativa é fruto do Projeto Aedes aegypti: Um velho inimigo, um novo problema, surgido após o aumento do número de mosquitos nos bairros do Bom Parto e Bebedouro, por conta das desocupações dos bairros do Pinheiro e Mutange

30/07/2020 às 11h13

Aedes aegypti: Um velho inimigo, um novo problema, o projeto remoto surgiu após o aumento do número de mosquitos nos bairros do Bom Parto e Bebedouro, por conta das desocupações dos bairros do Pinheiro e Mutange. A ideia principal, é de informar a população sobre os malefícios que esse crescente número pode causar.
Tendo em vista que as arboviroses já são doenças negligenciadas e que o assunto em pauta agora é a COVID-19, a acadêmica do curso de Medicina Veterinária do Centro Universitário CESMAC Ericka Wanessa Costa, que faz o sétimo período, e as professores Gilsan de Oliveira e Raíssa Salgueiro, tiveram a iniciativa de pensar um projeto para, além de evidenciar a problemática por trás do aumento do número de mosquitos, também tentar localizar os principais focos, com o objetivo de diminuir essa procriação e oferecer aos moradores dos bairros maior qualidade de vida.
A situação motivou a organização do I Ciclo de Palestras: Dengue em Foco, evento on-line e que acontece de 03 a 05 de agosto, na plataforma Microsoft Teams. A atividade pretende alcançar um grande público nesse momento de pandemia, e está dividido em três temáticas principais: o vetor, as arboviroses e o uso da tecnologia como ferramenta de combate ao mosquito.
A programação conta com palestras de convidados, como: Dr. Carlos Fernando - biólogo do Laboratório Central de Alagoas, Profa. Ivonilda Maia – coordenadora adjunta e docente do curso de Medicina do CESMAC, e o Prof. Ramon Salgueiro - do curso de Engenharia de Agrimensura da Universidade Federal de Alagoas (UFAL).

A acadêmica do curso de Medicina Veterinária, Ericka Wanessa Costa , acredita que, “com esse projeto, além da importância de informamos sobre as arboviroses para a população, tanto acadêmica, quanto comunidade externa, os discentes que compõem o projeto, estão tendo a oportunidade de trabalhar conceitos de interprofissionalidade entre os cursos, aprendendo com os outros, sobre os outros, e entregando um produto ainda melhor para a sociedade. Além da integração entre Medicina Veterinária e Medicina, contamos com um colaborador que é um professor no curso de Engenharia de Agrimensura da Universidade Federal de Alagoas”, reforça.
Siga o Instagram @dengue.mata para ficar atualizado sobre o evento e as informações sobre a dengue. O Ciclo de Palestras já conta com mais de 200 inscritos, de todos os cursos da área da saúde. Garanta sua inscrição e saiba mais no link https://www.even3.com.br/dengueemfoco/