Aguarde. Carregando informações.
CESMAC ONLINE

Para acessar a área do aluno, utilize sua matrícula e senha nos campos abaixo e clique em acessar.

Esqueceu a senha? Clique aqui.

Cerimônia de entrega de certificados do curso de Bioética e Manejo de Animais de Laboratório

Evento ocorrido hoje, 30, na sala invertida do CESMAC, marcou a entrega dos certificados para a turma concluinte do curso  de Bioética e Manejo de Animais de Laboratório. Os estudantes, todos do curso de medicina, de vários períodos, concluíram o curso e estão entusiasmados em poder fazer suas pesquisas no único biotério do Estado que trabalha com rack ventilada, corredores duplos com fluxo direcional e nível de segurança 2.
A cerimônia contou com a participação do vice-reitor, Prof. Dr. Douglas Apratto Tenório, que parabenizou todos os que fizeram parte dessa turma. Ele e o coordenador do curso de medicina, Dr. André Falcão, entregaram os certificados a cada um dos discentes.
No biotério, os ratos e camundongos são criados e/ou mantidos para estudo laboratorial, a área física tem tamanho e divisões adequadas e o uso de EPI é obrigatório. Água e alimentação específica para cada espécie, assim como temperatura constante e iluminação artificial apropriada.
A coordenação do Biomed, biotério do curso de Medicina, é da profa. Ma. Gilsan de Oliveira, que fez sua especialização na Universidade de São Paulo. O Prof. Me. Elvan Nascimento dos Santos é o técnico responsável pelo biotério. Participaram ainda dessa capacitação, a Profa. Dra. Ana Soraia Barbosa e Profa. Dra. Juliane Cabral Silva.
“Nós temos um modelo de ensino híbrido associando a pesquisa ao ensino a fim de aplicar o conceito dos 3 Rs : reaproveitar, reduzir e refinar. Então, hoje nós trabalhamos com a finalidade de atender todas as normativas do Conselho Nacional de Controle de Experimentação Animal – CONCEA. As atividades são baseadas na utilização de animais direcionadas para experimentação, sempre aplicando os 3 R e utilizando métodos substitutivos, como os vídeos, reaproveitamento de animais de descarte. As carcaças dos animais são utilizadas para fazer aulas de treinamento de vias de administração e também, para ver incisões e outras habilidades que precisam de manipular o animal”, disse a coordenadora Gilsan de Oliveira.
No momento, 3 projetos de pesquisa de iniciação científica estão em andamento no biotério: “Tratamento da hipertensão nos ratinhos com dieta hiper-sódica”, “A correlação da dor oncológica e sintomas de ansiedade e depressão” e “Efeitos cardioprotetores do extrato de Moringa oleífera em modelo de hipertensão pós-menopausa em ratas”. As pesquisas no biotério continuam na próxima semana durante o período da tarde.
No momento lúdico do evento foi escolhido o nome do ratinho que representará o biotério. Por votação ele se chamará Cesmickey.